Sky Gym Academia
Telefone (55) 3324 1979
Acesso AlunoAcesso
Aluno
09
Modalidades
09
Planos
Confira nossos planos de lançamento
Aguardamos a sua Visita

NATAÇÃO

Metodologia Gustavo Borges Para Natação

CONCEITO

Fundamentalmente, a Metodologia Gustavo Borges consiste na relação entre as idades, nível pedagógico de técnicas e procedimentos e desenvolvimento motor no meio aquático, por meio da estimulação e experiências perceptivo-motoras.

Na Metodologia Gustavo Borges, o nadador brasileiro integra, com a ajuda de profissionais da área aquática, conhecimentos e habilidades desenvolvidas durante toda a sua vida de atleta. Com o objetivo de nunca parar no tempo, Gustavo e os profissionais permanecem estudando e reavaliando as estratégias pedagógicas.

Para melhor compreensão, conceituou-se cada nível pedagógico; determinaram-se os objetivos gerais e parciais; desenvolveram-se as habilidades aquáticas e a sobrevivência.

As fases da aprendizagem são avaliadas resultando em um processo de acompanhamento e estudos das habilidades motoras aquáticas aprimoradas nas aulas.

Percepção significa conhecer ou interpretar informações.

Todo movimento voluntário envolve um elemento de consciência perceptiva que resulta de algum tipo de estímulo sensorial. O desenvolvimento das habilidades perceptivas de um indivíduo, como realizar os movimentos das pernas na água nas diferentes posições, depende em parte da atividade motora. Se as percepções forem exatas e mescladas em sequência coordenada, o aluno aprende o exercício proposto. É exatamente essa a ideia: aulas e exercícios sequenciais.

Benefícios

Longevidade: Pesquisadores da Universidade da Carolina do Sul acompanharam testes e vivência de homens com idade de 20 a 90 anos, durante 30 anos, e puderam descobrir que aqueles que praticavam natação contavam com taxa de mortalidade 50% inferior se comparados às demais pessoas fisicamente ativas ou àqueles que mantinham um estilo de vida sedentário.

Sem impacto: ela oferece a capacidade de trabalhar todo o seu corpo, e sem qualquer impacto severo sobre o seu sistema esquelético, assim reduzindo as dores durante a fase de adaptação. Esses benefícios da natação proporcionam que a piscina seja o local ideal para trabalhar músculos rígidos e articulações doloridas, principalmente para pessoas que lidam com sobrepeso e limitações físicas.

Melhora a saúde do coração: Um dos maiores benefícios da natação é sobre o coração. Como a natação é uma opção de exercício aeróbico, ela serve para fortalecer o coração, não só ajudando-o a se tornar maior, mas beneficiando-o para um melhor bombeamento, fornecendo um melhor fluxo de sangue por todo o corpo.

Queima de calorias: A quantidade de calorias queimadas depende não só da intensidade em que você se exercita, mas também de sua própria fisiologia. De modo geral, é dito que a cada 10 minutos de natação, nadando de peito, você pode queimar até 60 calorias, enquanto nadando de costas você elimina até 80 calorias.

 

Desenvolvimento Maturacional na Metodologia Gustavo Borges

Nos adultos, evidenciam-se as dificuldades físicas de flexibilidade, alongamento, habilidades aquáticas e percepção corpóreo-espacial do meio líquido. O nível de atividade física dos adultos afeta seus estados psicológico e sociológico. Por sua vez, fatores como o autoconceito e relações com amigos influenciam o compromisso com um estilo de vida fisicamente ativo. A natação exerce uma função de ênfase nesses fatores. O profissional deverá desenvolver programas físico e social.

Segundo Costill, entre os 25 e 35 anos, ocorre perda da massa magra, mais intensa a partir dos 55 anos e drástica acima dos 70 anos. Nessa idade, a mulher apresenta perda de até 2% a mais que os homens. William, citado por Guiselini (2006), afirma que um estilo positivo de vida saudável é baseado num modelo de bem-estar (wellness) que vê o indivíduo como um todo, de forma que haja um senso de unidade entre corpo e mente.

Um modelo de bem-estar considera a mente e o corpo em várias dimensões, que têm implicações na saúde, mais notadamente na social (relacionamento pessoal e significativo com família e amigos); emocional (desenvolvimento da autoconfiança e autoconceito positivo, capacidade de lidar com o estresse e de expressar emoções de forma apropriada e aceitar as próprias limitações); física (exercitar-se adequadamente, alimentar-se de forma saudável e evitar comportamentos de alto risco); intelectual (capacidade de pensar criticamente, identificar e solucionar problemas e usar a informação para aumentar o desenvolvimento pessoal); e espiritual (capacidade de encontrar propósitos e significados na vida, na sua ausência, desenvolver a crença [fé] em si mesmo, religião ou em alguma outra entidade maior para aumentar o desenvolvimento ético e moral).

Níveis de Evolução na Metodologia Gustavo Borges para Natação

ADAPTAÇÃO ADULTOS

CONCEITO: Fase de ambientação ao meio líquido. Deverá ser realizada na parte rasa da piscina com a água entre a cintura e a altura do peito (processo xifoide), com muita segurança e atenção do professor. Os exercícios propostos nesse nível formarão toda a vivência aquática e segurança dos alunos. Os primeiros contatos com o meio líquido devem ser realizados de maneira gradual, permitindo ao aluno conscientizar-se do seu corpo no meio líquido, por meio de noções de espaço, equilíbrio do corpo, sentindo o empuxo da água de baixo para cima, e não apenas realizar os exercícios. É comum encontrarmos nesse nível alunos com medo da água.

ESTRATÉGIAS: O professor precisa estar dentro da água passando confiança e segurança pois grande parte dos alunos teme a água. A Metodologia Gustavo Borges desenvolve estratégias com a sequencia pedagógica da cadeia de elos, em que as fases devem ser trabalhadas da mais fácil para a mais difícil. Ex.: adaptação ao meio ambiente, adaptação ao meio líquido, respiração geral e flutuação.

 

INICIAÇÃO ADULTO

CONCEITO: Nessa turma, evidenciam-se as dificuldades físicas de flexibilidade, alongamento, habilidades aquáticas e percepção corpóreo-espacial do meio líquido. Desde que os alunos não tenham medo da água, essa fase é desenvolvida na média máxima de oito aulas, devido ao estado de prontidão neurofisiológica apresentado.

ESTRATÉGIAS:

A. Experimentação livre: o aluno realiza o exercício de maneira livre.

B. Orientação parcial: o professor orienta parcialmente os movimentos. É fundamental nessa fase o professor gesticular ou imitar o movimento para evidenciar o comando verbal dado.

C. Orientação dirigida: o professor orienta integralmente os movimentos. Exemplo: “Realizar a respiração lateral – propulsão de pernas com o corpo na posição lateral, um braço na prancha e o outro ao longo corpo.”

 

CONDICIONAMENTOS 1 E 2

CONCEITO: É uma atividade ideal para jovens acima de 13 anos após a participação do Aperfeiçoamento 3 ou adultos após a Iniciação. Os objetivos são de saúde e bem-estar, condicionamento aeróbico, perda de massa gorda e ganho de massa magra (músculos) ou para melhorar o condicionamento em outros esportes, aquáticos ou terrestres.

ESTRATÉGIAS: Aplicar séries que proporcionem uma melhora do condicionamento aeróbico e de velocidade, ensinando o aluno a acompanhar os tempos no cronômetro de borda e conhecer seu próprio ritmo, trabalhando os quatro nados. Executar exercícios educativos e correções técnicas em todas as aulas. Os exercícios aplicados em aula devem estar adequados à faixa etária para que os alunos tenham prazer e motivação ao nadar.

 A maior rede de desenvolvimento da natação no Brasil e na América Latina!

Compre aqui

Conheça outras Modalidades

Piscina Coberta e Aquecida em Cruz Alta
Dúvidas
Frequentes
© 2015 Sky Gym. Todos os direitos reservados. Mapa do Site
Horários de
Atendimento
Segunda à Sexta das 6:00hs às 22:00hs
Sábados e Feriados (confira aqui)
Site produzido pela Netface